10 dicas para manter seu sistema de sprinklers em casa

10 dicas para manter seu sistema de sprinklers em casa

Se você tem um sistema de sprinklers em casa, está com sorte. Ter um sistema de sprinklers e detectores de fumaça reduz o risco de morte em um incêndio doméstico em 82 % em comparação com casas sem nenhum dos dois. Além disso, reduz os danos à propriedade – noventa por cento dos incêndios domésticos são contidos por apenas um sprinkler.

Aqui estão dez dicas para manter seu sistema de sprinklers em casa

Mas para um bom funcionamento da seu sistema é importante fazer a manutenção de sprinklers regularmente.

Embora os sistemas de sprinklers domésticos sejam projetados para serem de baixa manutenção, eles precisam de inspeção e testes ocasionais para garantir que funcionem quando você precisar. Felizmente, você pode fazer a maior parte disso sozinho.

Agende uma inspeção anual

10 dicas para manter seu sistema de sprinklers em casa

Faça uma inspeção profissional do seu sistema de sprinklers contra incêndio uma vez por ano. Os inspetores de proteção contra incêndio de uma empresa especializada, têm experiência em instalação e estão familiarizados com os padrões de código adequados.

Não pendure nada nos aspersores

Isso pode acionar os aspersores ou bloquear o fluxo de água.

Veja também:  Como é a manutenção de extintores de incêndio?

Verifique o sistema todos os meses

Verifique se os aspersores não estão bloqueados e se nada está interferindo no padrão de pulverização do cabeçote.

Não pinte os aspersores

Quando o fogo aquece o aspersor a 135 graus, ele ativa e pulveriza a área abaixo dele. Pintar um aspersor pode afetar sua sensibilidade ao calor. Isso pode atrasar a ativação ou entupir o cabeçote, bloqueando o fluxo de água.

  1. Verifique o tanque de água mensalmente

Se sua casa usa água de poço, seu sistema de aspersão depende de um grande tanque de água. Observe o nível da água a cada mês para ter certeza de que o tanque está cheio. Isso não se aplica a você se sua casa usar água municipal.

Certifique-se de que não haja danos nos aspersores

Evite bater nas cabeças dos aspersores ao mover móveis ou reformar. Em áreas onde as cabeças estão expostas, como em porões inacabados, instale protetores de cabeça.

Teste sua bomba

Alguns sistemas de aspersão usam uma bomba para pressurizar a água. Se você tiver uma bomba, ligue e desligue uma vez por mês para garantir que funcione.

Não bloqueie os aspersores

Evite colocar móveis ou outros objetos a menos de 18 polegadas dos aspersores.

Teste seu dispositivo de fluxo de água duas vezes por ano

Este teste acionará um alarme de incêndio, portanto, informe o corpo de bombeiros. Encontre a válvula de teste e abra-a para que a água flua. Dentro de alguns segundos, um alarme deve soar. Feche a válvula e avise o corpo de bombeiros que o teste foi concluído.

Não exponha os tubos a temperaturas frias

Para reduzir o risco de congelamento dos tubos, mantenha a temperatura acima de 40 graus Fahrenheit. Se você tiver canos em seu sótão, isole-os. Mesmo se você estiver fora da cidade, ajuste o termostato em uma temperatura que evite o congelamento dos tubos.

Veja também:  Evangelizar é amar - Ganhar amigos para Cristo

Manutenção do seu sistema de sprinklers contra incêndio em casa

Os sistemas de extinção de incêndio residenciais fornecem anos de proteção para sua casa e seus entes queridos. Mantenha seu sistema pronto quando for necessário realizando uma quantidade mínima de manutenção de rotina.

Essas etapas incluem garantir que os aspersores não estejam pintados e que o fluxo de água não esteja obstruído. Nunca pendure nada em sprinklers e certifique-se de que a válvula de controle principal esteja ligada.

Uma vez por ano, inspecione seu sistema profissionalmente. Conclua estas etapas e tenha certeza de que sua casa está protegida.

Faça a instalação do seu sistema de sprinklers hoje mesmo, é indicado até mesmo pelo corpo de bombeiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *